Connect with us

Lutador de MMA é morto no Rio de Janeiro, após tentar recuperar moto roubada

Lutador de MMA é morto no Rio de Janeiro, após tentar recuperar moto roubada

Lutador de MMA é morto no Rio de Janeiro, após tentar recuperar moto roubada, Diego Braga Alves, 44 de anos teve sua moto furtada na última segunda-feira (15), na comunidade da Muzema. Horas depois, Diego foi encontrado pela Polícia Militar sem vida no Morro do Banco, onde o mesmo foi tentar recuperar sua moto.
Lutador de MMA é encontrado morto após tentar recuperar moto roubada na  Zona Oeste; suspeito é preso
A moto foi roubada dentro da garagem de Diego, e as câmeras de segurança registraram toda a ação dos criminosos que usavam capacetes e um deles saiu empurrando o veículo do atleta, na madrugada de segunda-feira (15).

Na manhã de hoje (16), a Polícia Militar executou uma operação no Morro do Banco, e capturou Tauã da Silva, conhecido como 2B, o criminoso de 18 anos confessou a participação no crime. Tauã disse aos policiais que Diego foi até a favela “desenrolar” a devolução da moto, porém ao verificar o celular da vitíma foi encontrado contatos de milicianos de Rio das Pedras e da Muzema. Após isso o criminoso afirma que o lutador tentou correr, porém foi morto.

A Confederação Brasileira de MMA Desportivo lamentou a morte de Diego. “Luto pelo mestre, amigo e parceiro. Que dor sem tamanho. Obrigado por tudo mestre e você sempre será lembrado em cada lugar que levarmos a nossa bandeira do Brasil. Que Deus te acolha e abençoe toda família Braga. Nossos reais e mais profundos sentimentos. Descanse em paz, mestre”.

Outro que enviou uma mensagem em homenagem ao lutador morto foi Rodrigo Nogueira, mais conhecido como Minotauro, o ex-atleta também lamentou a violência na cidade do Rio de Janeiro: “Infelizmente, venho informar a morte do amigo irmão, que lutou tanto e representou a nossa equipe por anos, Diego Braga. (…) A pergunta que fica: aonde essa violência vai parar, meus amigos? Que covardia terrível, que coisa sinistra que não tem explicação alguma”, escreveu.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Brasil

Title

To Top